Dia Municipal das Religiões dos Povos Tradicionais de Matriz Africana

O Brasil tem a maior população de origem africana fora da África, e a data é comemorada em especial porque a cultura brasileira é também resultado de uma grande influência exercida pela cultura africana. Os costumes e manifestações culturais africanos começaram a ser aceitos no país e celebrados, a partir do século XX, como expressões artísticas verdadeiramente nacionais e hoje fazem parte do calendário nacional com muitas influências no dia a dia de todos os brasileiros.

Em reconhecimento a essas influências, faz do Calendário Oficial do Município de Santa Bárbara, o Dia Municipal das Religiões dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, comemorando no dia 30 de agosto de cada ano.

O Governo de Todos, através da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer em parceria com Câmara de Vereadores, com o mandato do Vereador Roberto Coutinho e o Grupo Unidos pelo Axé, promoveu ato solene nesta quarta-feira (30), a partir das 13 horas, na Praça Donato Lima, Santa Bárbara em comemoração ao Dia Municipal das Religiões dos Povos Tradicionais de Matriz Africana.

Na ocasião, as comunidades tradicionais realizaram apresentações culturais, danças e cantigas religiosas.

Para o Diretor de Cultura do Governo de Todos, Luis Pedro Damasceno Cerqueira, “é muito importante a realização desse evento , pois leva a comunidade ao debate, e toma conhecimento dos inúmeros casos de intolerância religiosa atingem frequentemente aos adeptos do Candomblé e Umbanda, entre outras de Matriz Africana. Esse tipo de violência que estamos combatendo”.

Segundo o jornalista Lino Filho, “temos a consciência que outras religiões também sofrem, e nos posicionamos igualmente contra a toda e qualquer forma de discriminação, preconceito e violência.” finalizou o ex-vereador barbarense.

Já a Pedagoga Giovana Monteiro, o Dia Municipal das Religiões dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, representa também momento refletir sobre Sincretismo Religioso na cidade, afinal estamos no município de nome Santa Bárbara ,que para o Candomblé e a Umbanda é o Orixá Iansã, a deusa dos raios, dos ventos e das tempestades. Na Doutrina Católica, ela corresponde a Santa Bárbara — também uma protetora contra raios, tempestades e trovões.

Santa Bárbara, Terra Santa, Terra da Religiosidade.

ASCOM – Governo de Todos.

Compartilhe

Mais Notícias